A importância do sindicato no processo de homologação trabalhista

Quando um contrato de trabalho termina, é necessário que seja realizado um processo chamado de homologação. É um procedimento que visa proteger o trabalhador de erros acidentais ou de má fé na documentação da rescisão trabalhista, dentre outras coisas.

O papel do sindicato

O sindicato é a entidade legalmente autorizada a homologar, isto é, reconhecer o fim da relação entre empregado e empregador. Seu papel é fundamental nesse processo, pois é o SINDICATO quem vai assegurar ao trabalhador que seus direitos estão sendo cumpridos e todos os valores pagos e descontados estão corretos.

Muitas vezes, o SINDICATO se nega a homologar rescisões de contrato que estejam com valor abaixo do que o empregado possui direito, obrigando a empresa a corrigir o erro de imediato.

Trabalhador! Aproveite a oportunidade

Para estreitar os laços com o SINDICATO, pois com a reforma trabalhista,a rescisão não precisará mais ser homologada nos sindicatos, assim, as empresas contarão com o apoio da sua assessoria jurídica na hora da homologação, todavia os empregados tem direito de levar um advogado no momento da rescisão. Mas será justo que o trabalhador dispensado pague um valor alto para um advogado apenas acompanhar a homologação?

Então trabalhador associado, usufrua dos benefícios oferecidos pelo SINDICATO, principalmente da ASSESSORIA JURÍDICA. E se você não é sócio, preencha o formulário de Sindicalização aqui mesmo no site e NÃO FIQUE SÓ, FIQUE SÓCIO.

Compartilhe:
Categoria(s) Geral